Fabio Porta, enfim, é o novo senador da República italiana. Participará da eleição do sucessor de Mattarella

Fabio Porta

Bem no aceso das disputas políticas para a eleição do sucessor do presidente Sergio Mattarella, cujo processo parlamentar está marcado para ter início no próximo dia 24, o sociólogo ítalo-brasileiro Fabio Porta é proclamado oficialmente Senador da República italiana e ocupa a vaga do ítalo-argentino Adriano Cario, cujo mandato foi declarado extinto no bojo de denúncias de fraudes eleitorais no pleito de 2018.

A notícia, difundida na manhã desta quarta-feira pelas principais agências noticiosas italianas, ganhou rapidamente as redes sociais. “O Parlamento da Itália ganhou nesta quarta-feira mais um representante da comunidade ítalo-brasileira”, disse a Ansa.

O próprio senador, em breve comunicado ao editor de Insieme, deu conta da proclamação oficial, por parte da presidente do Senado, Elisabetta Casellati, feita em plenário nesta manhã. Isso já era esperado.

Na segunda-feira, Porta contava que “na semana antes do Natal, o Senado esteve empenhado exclusivamente sobre as votações da lei orçamentaria e somente esta semana, depois do breve recesso de Natal/Ano novo, o Parlamento voltará a reunir-se. Temos esta semana e a próxima para finalizar a minha proclamação como Senador, para que o “plenum” do Senado seja reconstituído depois da cassação do Cario e antes da eleição do novo Presidente da Republica, prevista para o dia 24 de janeiro”.

Fabio Porta
Uma imagem recente de Porta e sua família, postada no perfil Facebook do ora Senador.

Ao proclamar o nome de Porta, Casellati disse que sua decisão – reporta a agência Ansa – “se baseia na deliberação adotada em 16 de dezembro pelo Comitê Eleitoral do Senado, determinando que o assento de Cario ficasse com Porta”. O novo senador já ocupou, por dois mandatos, uma cadeira na Câmara dos Deputados, sempre pelo Partido Democrático e na área da América do Sul da Circunscrição Eleitoral do Exterior.

  • Fabio Porta será o novo senador no Parlamento italiano. Venceu a luta contra as fraudes do concorrente Cario, deposto do mandato
  • Feliz num dia de ‘justiça e verdade’, Porta aguarda a decisão da Comissão Eleitoral. Na Câmara, Sangregorio também deverá sofrer processo
  • Fraude eleitoral: Senado italiano cassa mandato do ítalo-argentino Adriano Cario. Comissão eleitoral decidirá quem assume em seu lugar
  • Votação secreta definirá sorte de senador na quarta-feira próxima. Porta aguarda com fé; Cario fala em “interesses políticos e econômicos”
  • ”Estamos no fundo do poço”, diz Porta sobre fraudes eleitorais e eleição dos Comites Porta diz que fraude eleitoral foi cometida “dentro do correio argentino”. E fala em abrir investigação local
  •  Ainda inconformado com o resultado, Porta fala nesta quarta sobre os motivos de seu recurso: mais de 10 mil votos duvidosos em Buenos Aires
  • ”Se sabia disso (fraudes na eleição de 2013), por que ficou em silêncio até hoje?”, pergunta Molossi à deputada Renata Bueno
  • Porta confirma denúncia: mais de dez mil votos “suspeitos” na Argentina com a cumplicidade dos correios. Mas Cario fala em estratégia nova

A cadeira que agora ocupa, mesmo vacante após a cassação de Cario, era reivindicada pela ‘Unione Sudamericana Emigrati Italiani’– Usei, que elegeu o deputado Eugenio Sangregorio nas mesmas eleições contestadas por Fabio Porta, inclusive perante os tribunais italianos e argentinos.

Ao site ‘ItaliaChiamaItalia’, Porta declarou nesta manhã que imagina “aver dato un contributo che va al di là della mia persona, ma che riguarda un diritto che è stato infangato” (ter dado uma contribuição que vai além da minha pessoa, e que diz respeito a um direito que foi manchado de lama).

Recentemente, em artigo de autoria da advogada Antonella Novello, vicepresidente do Comites de Rosário e expoente da Usei, Porta foi classificado como um “senador abusivo”, caso viesse a assumir a cadeira no lugar de Cario. O artigo passou a ser difundido, segundo se reporta, pelo próprio presidente da Usei, Eugenio Sangregorio. Porta, ao dizer que considera algumas críticas  “totalmente inconsistentes”, observa que algumas delas são “verdadeiras ofensas”.

Segundo a posição da Usei, a cadeira deveria permanece com o partido, mais especificamente a Francisco Nardelli – o primeiro dos não eleitos do partido.”Para Porta – diz o artigo -, o risco é alto: se por um lado ele poderia sentar no Senado, por outro ele se tornaria paradoxalmente o “novo Cario”, ou seja, seria um parlamentar não autorizado. Meio senador. Um senador abusivo que invadiu o Parlamento. De nossa parte, estaríamos prontos para apontar o dedo para ele todos os dias, atacando-o todos os dias e pedindo que ele se demitisse o mais rápido possível, porque ele é abusivo”.

Em recente entrevista a Insieme, Porta informou que sua luta contra as fraudes eleitorais cometidas nas eleições de 2018 se estende também à Câmara dos Deputados, onde toma assento Sangregorio que teria sido beneficiário das mesmas fraudes reconhecidas pelo Senado.

Porta Senador
O senador Fabio Porta dentro do Plenário do Senado italiano (Foto perfil Facebook)

Com uma foto tendo por fundo o ambiente do Senado, postada há pouco no Facebook, o senador Porta se declara “emozionato come e forse più della mia prima esperienza parlamentare. Adesso é ufficiale: Senatore della Repubblica ! Dopo una lunga e difficile battaglia, dentro e fuori le aule parlamentari, il seggio della América Meridionale é stato assegnato a coloro che gli elettori avevano scelto. Grazie a tutti coloro che mi hanno seguito e sostenuto in questa battaglia; spero di retribuire la fiducia multiplicando il mio impegno e il lavoro. Con un pensiero a David Sassoli, che ci ha insegnato che é ancora possibile fare politica con valori e soprattutto onesta’ (Emocionado talvez tanto ou mais que em minha primeira experiência parlamentar. Agora é oficial: Senador da República! Depois de uma longa e difícil batalha, dentro e fora do Parlamento, a cadeira da América do Sul foi entregue àquele que os eleitores tinham escolhido. Obrigados a todos os que me acompanharam e apoiaram nesta batalha; espero retribuir a confiança multiplicando meu empenho e trabalho. Com a lembrança de David Sassoli, que nos ensinou que ainda é possível fazer política com valores e, sobretudo, com honestidade).

Curta e compartilhe!

Official Fabio Porta WebSite, 2008 – 2022

brazil_18295s

Gabinete Fabio Porta – America Meridionale
Alameda Santos, 1909, 3º andar, cj. 32
San Paolo – Brasile – 01419-002
Tel.: +55. 11. 3081-3861
E-mail: segreteria@fabioporta.com